Alergia de Esmaltes

Ois! Hoje eu vou falar de um assunto que voltou a me assombrar ao tentar experimentar um produto novo.

Quem me conhece há muito tempo, sabe que já fui dona de belíssimas unhas. Eram enormes e super fortes. Do nada, sempre que fazia as unhas, meus dedos começavam a coçar muito, ficavam inchados e, para piorar, meus olhos começaram a inchar tanto quanto os dedos e as unhas foram ficando fracas e cheias de ondulações. Resultado: esmaltes comuns, não mais! Estava à procura de um esmalte hipoalergênico que tivesse brilho e durasse um pouco mais. Na época, descobri que esses não existiam, até que li nas embalagens dos esmaltes Colorama uma informação que mudaria a vida das minhas unhas: “Sem Tolueno; Sem Formaldeído”. Bingo! Hoje em dia existem várias marcas que tem sua composição básica 3free, que não possuem tuloeno, formeldeído e DBP em suas fórmulas, mas ainda assim, fico com o pé atrás, porque muitas ainda têm a resina de formaldeído, que também me dá alergia, e a Colorama está com cores e textura cada vez mais lindas e melhores. Se você também passa por esse drama, procure um dermatologista e peça para fazer exames com esses componentes. Experimente! Mas lembre-se: Nem todos os esmaltes Colorama são livres desses itens. E esses são os que dão alergia em mim. Outras pessoas que têm alergia ao esmalte são sensíveis à outros compostos e aí, só um alergista mesmo para identificar.

Beijocas e nos vemos lá no Moda a Meu Modo.

Assinatura

Comente Aqui!
Por: Cissa Santos | 05/08/2015 | Unhas

Você Também Pode Gostar